FOTÓGRAFOS VILHENENSES REALIZAM PROJETO BENEFICENTE EM NOVA CONQUISTA

Ação presenteará população local com retratos gratuitos de alta qualidade

Membros do Clube de Fotografia de Vilhena (CFV) irão ao distrito vilhenense de Nova Conquista neste fim de semana para realizar a segunda edição do projeto fotográfico beneficente “Retrato Solidário”.

A intenção é retratar pelo menos 100 crianças, adolescentes e moradores da vila a fim de ceder gratuitamente tais fotos em impressões de alta qualidade. Estúdios improvisados serão montados na escola municipal Maria Paulina neste sábado e durante todo o dia mais de 20 voluntários atenderão os interessados no projeto.

Realizado pela primeira vez em dezembro de 2012, o Retrato Solidário beneficiou 25 famílias do bairro Cristo Rei. Desta vez, a comunidade de Nova Conquista receberá o projeto de forma ampliada. Na sexta-feira passada, dia 11, o CFV deu início ao 2° Retrato Solidário por ministrar quatro palestras na escola onde integrantes devem realizar ainda hoje nova visita para divulgação da iniciativa.

“Estruturamos a ação em quatro etapas neste ano: palestras, divulgação, evento e exposição. Queremos atingir a maior quantidade de pessoas e, além de fazer retratos, espalhar a semente do gosto pela fotografia em potenciais fotógrafos em Nova Conquista. Foi muito gratificante ter ido lá na sexta-feira passada e agora, com certeza, será ainda mais”, afirma Herbert Weil, jornalista e presidente do CFV.

Pessoas interessadas de todo o distrito deverão se deslocar até o evento, que tem início na escola Maria Paulina às 10h, para serem fotografadas. As imagens em preto e branco serão impressas em tamanho A4 em máquinas de jato de tinta de qualidade e entregues gratuitamente para aqueles que não têm condições de arcar com os custos de uma fotografia profissional. A meta é beneficiar pelo menos 100 pessoas, casais ou famílias.

“Nas palestras do dia 11 confirmamos que muitas pessoas de Nova Conquista e sua extensa zona rural ainda não tiveram a oportunidade de registrar a si mesmo, sua família, filhos ou cônjuge com uma fotografia com a qualidade que pretendemos oferecer no Retrato Solidário. As imagens geradas no evento, de fato, terão muito significado para quem as receber”, explica Jovino Lobaz, diretor de estudos da entidade.

Baseado no projeto americano “Help-Portrait”, criado pelo fotógrafo de celebridades Jeremy Cowart em 2009, o Retrato Solidário segue quatro princípios básicos: (1) Encontrar pessoas em necessidade, (2) Tirar retratos delas, (3) Imprimir as imagens e (4) Dar as fotos aos retratados. Esta ação social é realizada em mais de 62 países e já mobilizou mais de 32 mil voluntários, entre fotógrafos, maquiadores, motoristas, editores, produtores, que dispõem de seu tempo para dar a quem precisa uma bela imagem.

Após a conclusão do projeto, a quarta etapa do 2° Retrato Solidário será a realização de uma exposição itinerante por Vilhena e em Nova Conquista. Para a execução de todas estas ações o CFV conta com a colaboração da Semed (Secretaria Municipal de Educação), da Coopevi (Cooperativa Educacional de Vilhena), FCV (Fundação Cultural de Vilhena), Studio FotoCharme, Digitall Comunicação Visual, fotógrafos independentes e voluntários da cidade.

TEXTO E FOTOS: Assessoria

1371514_577258438995541_2050735123_n 1381062_577258442328874_1188372920_n